Dicas de especialistas para diagnóstico preciso e tratamento da enxaqueca

Quais são as perguntas necessárias para fazer um diagnóstico preciso de enxaqueca? Quais são as cinco etapas da tomada de decisão compartilhada que facilitam o tratamento personalizado para pacientes com enxaqueca? O Professor Halker Singh, Mayo Clinic, Scottsdale, AZ, e a Professora Ailani, Medstar Georgetown University Hospital, Washington DC, compartilharam seus conhecimentos em uma sessão baseada na apresentação de casos no Encontro Anual da AAN 2021 (Academia Americana de Neurologia).

Apenas cerca de 26% dos pacientes com enxaqueca episódica e 5% com enxaqueca crônica recebem as três etapas assistência médica necessárias para receber a terapia farmacológica adequada definida por diretrizes1, disse o professor Halker Singh. Essas etapas são: 

Um diagnóstico preciso é a chave para um tratamento eficaz 

  •  Consulta com um médico 
  •  Diagnóstico preciso 
  •  Tratamento 

 

Perguntas necessárias para fazer um diagnóstico preciso 

Aprofunde-se nas histórias dos pacientes, principalmente em relação à sensibilidade à luz e som, aura, náusea e frequência 

A professora Ailani destacou os critérios da Classificação Internacional de Cefaleia, 3ª edição (ICHD-3) para o diagnóstico de enxaqueca sem aura. São pelo menos cinco crises durante a vida com dores de cabeça que duram de 4 a 72 horas, mais: 

  • Dois dos seguintes: localização unilateral, qualidade pulsante, intensidade moderada ou severa, agravamento por ou causando evitação de atividade física de rotina 
  • Pelo menos um dos seguintes sintomas: náusea e/ou vômito, fotofobia e fonofobia 
  • Não é melhor ser contabilizado por outro diagnóstico ICHD-32

Na prática, não existe uma apresentação típica, disse a professora Ailani. As dores de cabeça também podem variar em um paciente e ele pode não pensar em todas como enxaqueca.

Os professores Halker Singh e Ailani destacaram a importância de sempre se aprofundar nas histórias dos pacientes, especialmente em termos de sensibilidade à luz e som, aura, náusea e frequência da dor de cabeça. 

Aura e náusea têm significados diferentes para pessoas diferentes, disse a professora Ailani. Pergunte aos pacientes o que a aura e a náusea significam para eles. Perguntar a um paciente “O que você escolheria fazer durante uma crise?” pode revelar sensibilidade à luz e ao som e náusea.

Pergunte quantos dias por mês eles estão completamente livres de dor de cabeça 

Além disso, os pacientes muitas vezes descrevem apenas suas piores crises, então faça perguntas para determinar a verdadeira frequência e duração das crises, como: 

  •  Quando você tem uma crise e não toma medicamentos, quanto tempo ela dura? 

  • Quantos dias de dor de cabeça você tem por mês (além dos dias de enxaqueca)?

  • Quantos dias por mês você fica completamente sem sentir dor de cabeça?

O professor Halker Singh apresentou um histórico de caso de um paciente que descreveu 3-4 episódios de cefaleia por mês e que, de outra forma, preenchia os critérios do ICDH-3 para enxaqueca.

Em questionamentos adicionais, tornou-se claro que o paciente ficava completamente sem dores de cabeça por apenas 6 dias por mês nos últimos 6 meses

Essa alta frequência de dias com dor de cabeça, além de uma história de 8 anos de dores de cabeça recorrentes, levou a um diagnóstico preciso de enxaqueca crônica - ou seja, cefaleias que ocorrem em 15 ou mais dias/mês ou por mais de 3 meses, que em pelo menos 8 dias/mês tem as características de enxaqueca.2

 

Discutir a deficiência relacionada à enxaqueca ao considerar o tratamento preventivo

Faça perguntas detalhadas para determinar a verdadeira extensão da deficiência relacionada à enxaqueca 

A enxaqueca é a principal causa de anos vividos com incapacidades em pessoas com menos de 50 anos de idade em todo o mundo3, disse o professor Halker Singh, por isso é importante determinar a extensão da incapacidade relacionada à enxaqueca para todos os pacientes com essa condição. 

Além disso, muitos pacientes com enxaqueca não estão livres de sintomas entre as crises, e a carga interictal, que pode ser bastante incapacitante, inclui: 

  • Ansiedade - 10% dos pacientes
  • Ação de evitar compromissos sociais e de trabalho - 14% dos pacientes
  • Não livre de sintomas - 26% dos pacientes4

A tomada de decisão compartilhada facilita as decisões adequadas de terapia preventiva personalizada 

Portanto, a carga total da enxaqueca para qualquer paciente é a soma de sua carga ictal e interictal, acrescentou o professor Halker Singh. 

Para pacientes com deficiências relacionadas à enxaqueca, que podem afetar sua capacidade de trabalho, uma abordagem de tomada de decisão compartilhada facilitará as decisões de terapia preventiva personalizadas adequadas, disse a professora Ailani. Ela destacou as cinco etapas da abordagem SHARE da seguinte forma5:

1. Busque a participação do paciente 

2. Ajude o paciente a explorar e comparar as opções de tratamento 

3. Avalie os valores e preferências do paciente 

4. Chegue a uma decisão com o paciente 

5. Avalie a decisão do paciente 

 

Quer receber as novidades da Progress in Mind Brazil no seu celular?

Participe do nosso canal no Telegram clicando aqui e receba os novos conteúdos assim que forem publicados!

Our correspondent’s highlights from the symposium are meant as a fair representation of the scientific content presented. The views and opinions expressed on this page do not necessarily reflect those of Lundbeck.

Referências
  1. Lipton RB, et al. Headache 2013;53:81–92.
  2. Headache Classification Committee of the International Headache Society (IHS). Cephalalgia 2018;38:1–211.
  3. GBD 2016 Disease and Injury Incidence and Prevalence Collaborators. Lancet 2017;390:1211–59.
  4. Lampl C, et al. J Headache Pain 2016;17:9.
  5. Agency for Healthcare Research and Quality. Available at: https://www.ahrq.gov/health-literacy/professional-training/shared-decisi.... Accessed 19 April 2021.
Você está deixando Progress in Mind
Olá,
Por favor, confirme seu e-mail
Enviamos um link de confirmação para o seu endereço de email. Por favor, verifique sua caixa de entrada e/ou sua caixa de spam e clique no botão Confirmo meu endereço de email para obter acesso completo ao site.
As informações neste site são exclusivamente destinadas a profissionais de saúde.